Qual a diferença entre inventário de estoque rotativo (Permanente) e inventário de estoque periódico (Balanço)?

Qual a diferença entre inventário de estoque rotativo (Permanente) e inventário de estoque periódico (Balanço)?

Qual a diferença entre inventário de estoque rotativo (Permanente) e inventário de estoque periódico (Balanço)?
 
Desafios e Vantagens:
Durante os anos em que trabalhei junto à Gestão de um Rede de Supermercados, o desafio que sempre enfrentamos é, como manter ou fazer um inventário funcional, que nos ajude a controlar as quebras e perdas, que nos ajude a evitar as rupturas, logo aumente as vendas e os lucros!
 
Como muitos, a Rede em que eu trabalhei vem de uma estrutura familiar, ainda que de médio/grande porte, sem o costume de fazer essa prática uma rotina! Entendemos que um supermercado ou qualquer outro varejo, possuir um bom controle de estoque é fundamental para manter a lucratividade real, ainda mais em tempos de crise econômica que estamos, quando qualquer desperdício deve ser evitado. Como todos supermercadistas ou analistas do segmento, sabemos que estoque parado significa dinheiro engessado e até desperdiçado! Diante disso surge uma dúvida, qual é mais eficaz ou qual devo fazer, Inventário Rotativo ou Periódico?
 
Inventário rotativo (Permanente)
No inventário rotativo há uma rotina de contagem do estoque que ajuda a manter os números do estoque mais confiáveis. Diferente do Inventário periódico, neste você divide sua loja em departamentos ou setores e conta um de cada vez. Assim você pode utilizar a própria equipe da loja para as contagens. Através de uma programação podemos também dividir em mais etapas, como por exemplo
por fornecedor ou gôndola. É outra forma de se fazer o inventário rotativo. O que está por trás desta ideia é fazer com que em determinado período toda a loja seja contada sem a necessidade de se fazer um inventário periódico. Em alguns clientes aqui na
Focus que possui uma boa prática no rotativo, alguns exemplos são os abaixo: Perecíveis FLV: 1 vez por semana. Carnes e Aves e PAS: 2 a 3 vezes por mês. Mercearia: Completar o giro a cada 2 ou 3 meses. Bazar e outros setores: completar o giro a cada 6 meses. Inventário Periódico (Balanço). Infelizmente Inventário é uma prática não agradável, mas que necessariamente ajuda a manter os números de seu estoque confiável. No Inventário Periódico normalmente é contratado uma equipe externa.
 
Não é a prática ideal, como seria o rotativo, aqui no periódico, toda a loja é inventariada de uma só vez, normalmente uma vez por ano.
Mas ainda no controle periódico, o ideal seria a cada 3 meses, no máximo a cada 6 meses, para que seus números sejam cada vez mais confiáveis.
 
Espero poder ter contribuído com esta reflexão.
Bons negócios,
Alcir Guimarães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *