CFC orienta os profissionais da contabilidade sobre a instabilidade no site de conectividade social – Focus Contabilidade

CFC orienta os profissionais da contabilidade sobre a instabilidade no site de conectividade social

CFC orienta os profissionais da contabilidade sobre a instabilidade no site de conectividade social

Sobre o recolhimento da parcela 1/6 do FGTS, com vencimento nesta terça-feira (7), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) esclarece que vem trabalhando há dias junto à Caixa Econômica Federal para buscar uma solução quanto à emissão das guias de recolhimento respectivas. As reuniões realizadas com a Caixa não apresentaram uma solução viável para o problema da instabilidade no sistema, bem como quanto à prorrogação do prazo de vencimento. A Caixa informou ao CFC que está emitindo as guias dos parcelamentos e enviando-as para as empresas por meio das caixas postais dos empregadores no portal Conectividade Social, com início pelas empresas de maior porte. Assim, não há garantias de que todas as guias possam ser geradas e encaminhadas a tempo de sua quitação no dia de hoje. Outras alternativas de emissão das guias foram transmitidas pela Caixa por meio da Mensagem Institucional NSU 2021037 publicada no dia 5/7, já divulgada pelo CFC. Todavia, em decorrência da instabilidade no portal da CEF, essas opções alternativas não surtiram efeito. Assim, recomendamos aos colegas, cujos clientes não tenham recebido a guia por meio do portal Conectividade Social, tampouco tenham conseguido obter a guia por uma das alternativas divulgadas na Mensagem da Caixa NSU 2021037, que procurem documentar o fato com “prints” das telas do sistema da Caixa para comprovar a tentativa de recolhimento dessa parcela do FGTS.
É importante destacar que o problema está ocorrendo basicamente pela instabilidade do sistema e pela demora da Caixa em liberar uma ferramenta com sua funcionalidade testada, em tempo hábil, que pudesse ser utilizada pelos contribuintes para consulta, verificação e correção de valores, tudo com antecedência segura e necessária, para que a partir do dia 1º/7 fosse permitida a geração das guias de recolhimento, fato que só ocorreu no dia 6/7. A classe contábil quer e está colaborando para o sucesso da implementação de todas as medidas emergenciais estabelecidas pelo Governo federal para ajudar as empresas neste momento, mas para isso dependemos, mais uma vez, do correto funcionamento dos sistemas informatizados dos órgãos federais. Os profissionais da contabilidade são essenciais para a retomada da economia no País. Portanto, a classe contábil aguarda as medidas necessárias para que empresas e empregados não sejam ainda mais prejudicados durante este período de crise que vive o Brasil.