Recomendações de segurança aos colaboradores em supermercados para o combate ao coronavírus – Focus Contabilidade

Recomendações de segurança aos colaboradores em supermercados para o combate ao coronavírus

Recomendações de segurança aos colaboradores em supermercados para o combate ao coronavírus

O coronavírus é um vírus identificado como causa de um surto de doença respiratória, parecido como uma gripe comum. Os sintomas podem evoluir para casos mais graves em pessoas com a imunidade comprometida (pela idade avançada ou por doenças preexistentes).

Ainda não existe vacina disponível para prevenir a infecção pelo COVID-19. A melhor maneira de prevenir essa doença é adotar ações para impedir a propagação do vírus. Vamos apresentar aos supermercados uma série de recomendações para o combate à propagação do vírus transmissor da doença COVID-19.

As informações abaixo devem ser seguidas pelas empresas do setor supermercadista a título de evitar contaminação entre os colaboradores, bem com futuras ações trabalhistas.

 

 

  • ACESSO AO ESTABELECIMENTO:

 

  • Deve ser realizado a medição da temperatura de todos os colaboradores diariamente na entrada e saída do colaborador na empresa;
  • Os colaboradores devem ser orientados por meio de treinamentos e via cartazes orientando a realizar a higienização correta das mãos.

 

 

  • FORNECIMENTO DE EPI’S:

 

  • O fornecimento de EPI ao colaborador é obrigatório pela empresa. Recomenda-se que a máscara seja trocada a cada 2 horas. A higienização da máscara caso seja de tecido, deve ficar a cargo do colaborador.

 

 

  • DISTANCIAMENTO:
  • A empresa deve favorecer condições para manter o distanciamento entre os colaboradores:
  • Horários de entrada e saída diferenciados;
  • Diferentes horários de intervalos.

 

As recomendações citadas acima, devem contribuir para o combate ao coronavírus e somar com as exigências já preconizadas em legislações vigente para o setor de supermercados.